Matérias-primas para Embalagens Plásticas

(Flexíveis e Rígidas)

• Objetivo:

Após este curso o profissional estará apto a definir qual o tipo de plástico, os aditivos necessários para atender as necessidades de conservação,p roteção, estéticos e desempenho mecânico de qualquer produto.

• Conteúdo Programático:

• Introdução 
- A embalagem ao longo dos tempos
- Principais matérias-primas
- Definições de embalagem
- Funções da embalagem
- Planejamento
- Desenvolvimento Estrutural
- Desenvolvimento formal e gráfico
- Implantação
- Embalagem em utilização
- Seleção da matéria-prima e do processo
- O porquê das Embalagens Plásticas

 

• Materiais Plásticos Mais Utilizados: PE, PEBD, PEAD, PEMD, PEBDL, PVC, PP, PA,

PET, PC, PS, POM, PAN, PVDC, EVOH.

 

• Embalagens Flexíveis 
- Materiais utilizados em embalagens flexíveis
- Estrutura da embalagem e os seus materiais
- Tabela de permeabilidade dos materiais
- Fluoretação/sulfonação 
- Por que embalagens laminadas
- Permeabilidade
- Materiais barreiras
- Acabamento de embalagens flexíveis: Impressão, Flexografia, Rotogravura
- Flexografia x Rotogravura
- Metalização: esquema de máquina de metalização.

 

• A Importância da Embalagem Inteligente para o Crescimento dos Negócios
- Gerência de embalagem: pivô do sucesso ou do fracasso 
- Embalagem e planejamento estratégico 
- Apoio do Top Management.
 
• Moldagem Por Extrusão
- Introdução
- Extrusão de filmes
- Processo do filme plano
- A Extrusora
- Matrizes

 

• Moldagem Por Sopro 
- O processo básico
- O equipamento básico
- Rosca
- Placa perfurada 
- Telas
- Cabeçote 
- Matriz ou bocal 
- Programador 
- Molde 
- Unidade de fechamento 
- Variantes do processo e seus equipamentos 
- Principais métodos de moldagem por extrusão-sopro
- Extrusão contínua – um único cabeçote; moldes múltiplos: mesa fixa, vertical

giratória, horizontal giratória 
- Dois ou mais cabeçotes – moldes estacionários múltiplos 
- Molde reciprocante: movimento vertical, horizontal, angular 
- Com acumulador e pistão 
- Extrusão intermitente 
- Moldes simples ou múltiplos, estacionários 
- Tipo pistão, com moldes múltiplos ou mesa giratória 
- Moldagem por injeção-sopro: vantagens 
- Vantagens da moldagem por extrusão-sopro 
- Moldagem por injeção-estiramento-sopro 
- Moldagem por extrusão–estiramento-sopro 
- Coextrusão (multicamadas) 
- Co-extrusão-estiramento-sopro, co-injeção e co-injeção-estiramento-sopro.

 

• Conformação por Injeção  
- Unidade de injeção 
- Unidade de fechamento do molde 
- Nomenclatura 
- Componentes do sistema hidráulico 
- Capacidade da máquina injetora 
- Propriedades dos termoplásticos em relação à capacidade da injetora 
- Capacidade de plastificação 
- Força de fechamento 
- Pressão de injeção 
- Dados técnicos para injeção: secagem; geometria dos materiais; lubrificação;

temperatura de injeção 
- Temperatura do molde; pressão de injeção; tempo de injeção; ciclos de injeção;

tolerâncias dimensionais 
- Plastificação do polímero 
- Projeto da rosca 
- Válvulas de retenção 
- Controle da temperatura do cilindro 
- Velocidade de rotação da rosca 
- Velocidade de injeção.

 

• Termoformagem
- Conformação em moldes combinados
- Conformação por escorregamento 
- Moldagem a ar comprimido 
- Moldagem a vácuo 
- Termoformagem em molde fêmea; em molde macho; livre a vácuo; por retorno

elástico; por revestimento 
- Termoformagem – o vácuo com êmbolo; com colchão de ar 
- Aquecimento: por radiação; convectivo; por condução 
- Resfriamento: remoção de molde; contração.

• Público Alvo:

Engenheiros, técnicos, supervisores, operadores, e demais profissionais ligados à área.

• Carga Horária:

• Curso Presencial: 16 horas.

• Inclui:

• Apostila

• Coffee-break

• Certificado

• Apostila

• Certificado

• Suporte Técnico

• Inclui:

• Curso On Line: Saiba mais aqui.

Valores e Inscrições:
Sobre nós  l  Cursos  l  Consultorias  l  Agenda  l  Contato